Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Coisas que eu [não te] disse

Tudo o que não consigo dizer, escrevo.

Coisas que eu [não te] disse

Tudo o que não consigo dizer, escrevo.

V de Viver

Estive um pouco ausente nos últimos dias, mas foi por um bom motivo. Fui passar o fim de semana ao meu Alentejo. E só quem é do Alentejo é que sabe como é bom lá voltar. Na verdade, é sempre bom voltar a casa. Acredito que para todos, não apenas para mim ou para quem é do Alentejo.  Já há uns meses que não ia lá e as saudades já eram imensas. Saudades da minha mãe, da minha irmã. Saudades da minha terra, das minhas origens. Quando era adolescente não gostava de morar no (...)
16 Out, 2019

O meu Alentejo

V de Viver

Foi a 27 de Novembro de 2014 que o cante alentejano foi reconhecido como Património Cultural Imaterial da Humanidade, justamente no dia do meu aniversário. Mas para mim o cante alentejano já me estava marcado na alma havia 24 anos. É parte de um alentejano, assim como o é a chouriça assada com o belo pão, o presunto, o toucinho assado, as migas e as açordas, ah e os gaspachos com carapaus fritos (eu prefiro pastéis de bacalhau, confesso!). Nasci e cresci no Alentejo. Vivi nesse (...)