Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Coisas que eu [não te] disse

Tudo o que não consigo dizer, escrevo.

Coisas que eu [não te] disse

Tudo o que não consigo dizer, escrevo.

07 Jul, 2022

Mais uma noite...

V de Viver

Sentada na varanda da minha casa sinto as lágrimas a escorrer pelo rosto enquanto bebo um copo de vinho. Mas não são lágrimas de tristeza.    Há um ano tinha o hábito de fazer exactamente isto. Sentar-me, sozinha com um copo de vinho e os meus pensamentos. E, claro, uma música.   Faz-me pensar que pouca coisa mudou. Mas o principal mudou bastante: eu.   Sinto-me grata por estar onde estou. Grata por ser a pessoa que tanto lutei para ser. E por ter a consciência que cada vez sou (...)

V de Viver

É à noite que a saudade me dói mais. Quando pouso a cabeça na almofada vejo a vida passar-me diante dos olhos, como um filme em replay. Erros. Acertos. Lutas. Conquistas. Derrotas. Pessoas. A nossa vida não é igual sem pessoas. Por muito que alguém goste da solitude, ninguém gosta da solidão. Mas é à noite que ela mais se sente. Quando te deitas numa cama que nem sempre foi assim tão grande. Mas não foi o tamanho da cama que mudou, é o vazio que alguém lá deixou ao ir (...)

V de Viver

Cabeça cheia. Solidão da noite. Lua que me ilumina, lágrimas que brotam mas não correm. Não sei até quando aguento. Não sei até quando suporto. Esta dor que dói miudinha. Dor que disfarço com sorrisos falsos. Ninguém sabe. Silencia. Ninguém sabe as tuas dores. Ninguém sabe as minhas. Ninguém iria compreendê-las, de qualquer forma. Eles ouvem-te mas não te escutam. Ninguém quer saber. Não choro cá fora. Não consigo. Choro por dentro. Lá onde dói mais. Mais um fim de (...)