Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Coisas que eu [não te] disse

Tudo o que não consigo dizer, escrevo.

Coisas que eu [não te] disse

Tudo o que não consigo dizer, escrevo.

V de Viver

Escrevo estas palavras sentada numa velha prancha de surf, na minha praia, num cantinho que deve ser de muitos mas que agora é só meu. Vim ver o mar e o pôr do sol, mas o sol ainda está alto mostrando que ainda demorará uns minutos para ir embora. Embora para onde nunca saberei. Ouço as ondas enquanto ouço também uma música no meu único fone de ouvido, o outro há muito que partiu nas ondas deste mar que me faz companhia em melodia de fundo. Penso na vida. Em tudo o que já (...)

V de Viver

  Sentada numa arriba, como se pairasse sobre a imensidão do mar, ouço o barulho das ondas a rebentar na areia acompanhadas pelos gritos incessantes das gaivotas.Também eu grito em silêncio. Foi exactamente para gritar que sai de casa e vim até aqui.  Já sentia falta deste sitio. O sol de Dezembro aquece-me o rosto contrariando a brisa fresca que vem do mar. À minha volta só a natureza. Ao longe algumas pessoas mas aqui apenas eu. Sozinha. Como sempre me senti. Mas já há muito (...)
15 Dez, 2020

Queda decadente

V de Viver

Estou a cair. Uma queda lenta e dolorosa. Vejo, como que em câmara lenta, o filme da minha vida a passar-me diante dos olhos. As lágrimas escorrem pelo meu rosto deixando os olhos turvos. Tento parar a queda. Tento evitar a escuridão que me espera lá em baixo, cada vez mais escuro, e mais e mais. Esforço-me para pensar em coisas felizes: penso na minha família, vejo o rosto da minha mãe e há uma luz que parece querer trespassar a escuridão. Mas logo vai embora. Tudo escuro, (...)