Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Coisas que eu [não te] disse

Tudo o que não consigo dizer, escrevo.

Coisas que eu [não te] disse

Tudo o que não consigo dizer, escrevo.

V de Viver

Sentada na varanda da minha casa sinto as lágrimas a escorrer pelo rosto enquanto bebo um copo de vinho. Há um ano tinha o hábito de fazer exactamente isto. Sentar-me, sozinha com um copo de vinho e os meus pensamentos. E, claro, uma música. Faz-me pensar que pouca coisa mudou. Mas o principal mudou bastante:eu. Sinto-me grata por estar onde estou. Grata por ser a pessoa que tanto lutei para ser. E por ter a consciência que cada vez sou mais quem quero ser. Mas sei, no fundo, que (...)
07 Jul, 2022

Mais uma noite...

V de Viver

Sentada na varanda da minha casa sinto as lágrimas a escorrer pelo rosto enquanto bebo um copo de vinho. Mas não são lágrimas de tristeza.    Há um ano tinha o hábito de fazer exactamente isto. Sentar-me, sozinha com um copo de vinho e os meus pensamentos. E, claro, uma música.   Faz-me pensar que pouca coisa mudou. Mas o principal mudou bastante: eu.   Sinto-me grata por estar onde estou. Grata por ser a pessoa que tanto lutei para ser. E por ter a consciência que cada vez sou (...)
30 Jan, 2022

Persistentemente

V de Viver

Sinto o passado às voltas na minha cabeça. Acordada ou a dormir sou perseguida por lembranças que teimam em ficar. Um dia li que a vida é como uma ponte enorme. Que caminhamos nessa ponte sempre com alguém ao nosso lado, mas não é sempre a mesma pessoa. Duas pessoas. Dentre aquelas que caminharam comigo. Duas pessoas completamente diferentes. Cada uma delas, à sua maneira, fizeram-me sentir especial.  Sonho com um, sonho com o outro. Noite sim, noite não. Sonho a dormir. Sonho (...)