Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Coisas que eu [não te] disse

Tudo o que não consigo dizer, escrevo.

Coisas que eu [não te] disse

Tudo o que não consigo dizer, escrevo.

V de Viver

Todos! E nem estou a exagerar. Tenho saudades de escrever, de ler os comentários de quem me lê, de ler-vos e falar convosco. 

Estou numa nova e desconhecida fase da minha vida. Estou feliz. Mas há dias em que já nem sei quem sou. 

Muita coisa mudou desde o inicio do ano. Muitos sonhos se tornaram realidade, muitos objectivos já foram cumpridos. E isso, no fundo, ainda me deixa mais perturbada pelo estado de espírito em que acordo alguns dias. Não me falta nada. A serio que não. Mas aprendi que, mesmo quando não nos falta nada, podemos ter dias cinzentos. Dias confusos. 

Já passei por várias mortes e renascimentos da minha pessoa. Aprendi e evoluí com todas. E sei, tenho a certeza, que desta vez não será diferente. Mas é difícil lidar com tudo aquilo que sinto, com todos os pensamentos que me passam pela cabeça. Há momentos em que me vejo assoberbada entre o "tenho que" e o "não quero". Há dias em que me olho ao espelho e já não me reconheço. 

A minha energia anda muito em baixo. Estou saudável, mas sinto-me letárgica. "É só uma fase" é a frase que mais me digo todos os dias. E é. Sei que sim, já tive outras e bem piores. 

Se aprendi alguma coisa ao longo da minha vida é que somos sempre maiores que os problemas, questões e situações que nos assolam. Que todos os dias maus são seguidos de dias bons. Que em todas as minhas piores fases encontrei a força para renascer uma nova mulher. 

Volto a repetir [mais para mim do que para quem me lê!]: estou feliz. Sou feliz. Mas em todas as fases são necessários dias assim. E esta não é excepção. 

Despeço-me com o desejo de cá vir mais vezes. De voltar a escrever e a ler-vos como antes. Mas nunca posso prometer porque, principalmente agora, o que hoje é amanhã pode não ser.

Um grande beijinho a todos. Espero muito que todos se encontrem bem!

V.

7 comentários

Comentar post